quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Tem segredo para um relacionamento funcionar?

O sucesso de um relacionamento depende de alguns fatores, mas quando decidimos entrar em um relacionamento é preciso ter consciência de que é preciso estar aberto a mudanças. É normal que o casal acabe se adaptando um ao outro e isso implica mudança no comportamento. Em qualquer tipo de relação social, familiar até profissional é necessário adaptação. No caso de um relacionamento amoroso, isso começa com a admiração e assimilação do parceiro.
Nesse cenário, é preciso estar disposto a mudar quando decidir entrar em um relacionamento. É importante ter a mudança como uma evolução que pode significar um aprendizado e ensinamento. O amor envolve cumplicidade, companheirismo e troca não imposições achando ser o dono da verdade. No casal, cada um vai analisar e identificar o que pode ser mudado. Não existe uma regra. O casal vai se conhecendo e entrosando, criando uma sintonia. As transformações de comportamentos surgem de acordo com as preferências e necessidades.
É importante aí frisar uma diferença: não ´se deve mudar o outro’. Ninguém muda ninguém se o outro não quiser. Isso é imposição e em um relacionamento saudável não há espaço para esse tipo de imposição. Estamos falando de sintonia, adaptação e entrosamento.
O casal é que vai definir se existe alguma necessidade de mudança e qual seria. Quando há imo=posição de mudança de qualquer parte, esse relacionamento está fadado ao fracasso. Por exemplo: o marido é fitness,  alimentação saudável, e a esposa não é. O que ele pode fazer? Compartilhar,  conversar, mas se a esposa não quiser tem de respeitar. Respeito é a chave de sucesso nas relações e não forçar, criticar ou ameaçar.
Na ânsia de fazer funcionar o relacionamento, muitas  vezes podemos errar a mão e ultrapassar limites. É importante atentar a receptividade do outro. Se suas atitudes produzem tristeza e insatisfação no parceiro isso pode significar que há exagero. Quando isso acontece a relação perde o brilho. O outro se sente coagido e ameaçado.
Se uma das parte nunca ceder, e a outra concordar sempre, pode ser um sinal de que algo está errado nesse relacionamento. Uma relação saudável precisa de cumplicidade e companheirismo e isso sempre envolve comunicação e respeito.